top of page
Buscar
  • Foto do escritorPaulo Lobato

Dormentes ferroviários: equipamentos usados na manutençao

Atualizado: 1 de abr. de 2023

Introdução


Neste post, vamos falar sobre equipamentos de pequeno porte e ferramentas que são utilizados na manutenção de dormentes. Além disso, vamos falar sobre os equipamentos e as ferramentas para manipulação de dormente, bem como a manipulação, aplicação e extração dos elementos de fixação e para manuseio do lastro.


Tirefonadeira


Vamos iniciar falando de uma máquina de alto rendimento utilizada para retirar e apertar tirefonds. Este é um elemento de fixação superior ao prego, já que é aparafusado ao dormente, fechando o furo e impedindo a entrada de água. Por ser aparafusado, o tirefond prejudica menos as fibras do dormente e tem maior resistência ao arrancamento que o prego.


As tirefonadeiras utilizadas no brasil, geralmente, são modelos a combustão e são compostas por:

  • um motor;

  • um grupo de embreagem o redutor de velocidades;

  • uma cabeça fixa de saída única para apertar e desapertar as fixações verticais (tirefond e porcas) e;

  • um carrinho para transporte da máquina na via.

É válido mencionar que a embreagem do tipo cônica é comandada pelo braço direito da máquina e permite a transmissão do torque necessário, regulado por um limitador.


Furadeira de dormentes


A furadeira de dormentes é uma máquina que pode ser de alto, médio e baixo rendimento para furar dormentes. Ela é ideal para as obras de construção e manutenção de vias férreas com grande produção.


Composta por:

  • um motor;

  • uma cabeça de furação e;

  • um carrinho para transporte da máquina na via.

Despregadeira


Esta é uma máquina que, como o próprio nome sugere serve para arrancar pregos de linha. Há também a máquina responsável por bater prego de linha.



Multifuncional portátil


É uma máquina utilizada para furar dormentes, apertar e desapertar os tirefonds, os parafusos das talas de junção e as porcas. Pode ser utilizada horizontalmente para os parafusos das talas de junção e as porcas ou verticalmente para os tirefonds.


Trocador de dormentes


Esse equipamento, geralmente, é hidráulico, sendo utilizado para inserção e retirada de dormentes na linha.


Tracklifter


Esse equipamento, também chamado de mamute ou levantador de trilho é utilizado para o levante da linha, para retirada e colocação das placas de apoio.


Conjunto de socaria autoportante


No modelo mostrado abaixo temos um conjunto composto por 2 cabeçotes independentes, com 4 ferramentas cada, o qual é utilizado para realizar a socaria nos dormentes substituídos.


Grupo de socaria


É um equipamento utilizado para executar trabalhos de socaria de lastro de vias e aparelhos de mudança de via e é composto por:

  • Grupo motor – gerador

  • 4 vibradores manuais completos

Ferramenta de Socaria Individual


A ferramenta de socaria individual é utilizada para executar trabalhos de socaria de lastro de vias e de aparelhos de mudança de via.


Ferramentas para manutenção de dormentes

  • Alicate de grampo Deenick – Utilizado para posicionamento preliminar do grampo

  • Aplicador de grampo Deenick - também chamado de maritaca, é uma ferramenta utilizada para finalização da aplicação do grampo

  • Aplicador/extrator de grampo Pandrol (Pampuller)

  • Sacador de grampo Deenick – Utilizado apenas para madeira e aço. Além disso, essa ferramenta necessita de uma marreta para execução do processo.

  • Chave de tirefond – Utilizada para aperto e desaperto de tirefond

  • Alavanca pé de boi - Utilizada para sacar prego de linha

  • Alavanca lisa- utilizada para movimentações diversas de materiais

  • Marreta de pregação

  • Martelo de Tarugamento

  • Marrão de Duas faces



  • Tenaz dupla de dormente de madeira - Utilizado para 2 pessoas manipularem a ferramenta e movimentarem dormentes mais pesados

  • Tenaz dupla de dormente de concreto - Utilizado para 2 pessoas manipularem a ferramenta e movimentarem dormentes mais pesados

  • Tenaz individual de dormente de madeira - Utilizado para dormentes de eucalipto mais leves.

  • Arco de pua – utilizado na furação manual de dormentes. Atualmente quase não é utilizada.

  • Forcado ou Gadanho e Pá de Bico. Ambas ferramentas são utilizadas para: retirada de brita das proximidades do dormente durante substituição, limpeza de lastro e para colocação de brita sob os dormentes eliminando vazios

  • Picareta de ponta e soca - utilizada para socaria manual de dormentes

  • Enxadinha – Utilizada para limpeza de dormentes

Conclusão


Neste post, tivemos a oportunidade conhecer um pouco sobre cada um dos Equipamentos de pequeno porte, bem como sua características. Na nossa próxima postagem iremos falar sobre a aplicação prática deles no processo de substituição de dormentes. Enquanto isso, para se aprofundar mais sobre o assunto de via permanente acesse nosso curso de Fundamentos da Manutenção de Via Permanente.


Escrito por Paulo Lobato,PMP e Laura Lima

Especialista em manutenção de via permanente ferroviária

Elevada experiência em gerenciamento de projetos e análise de viabilidade técnica-econômica de novos projetos

Engenheiro Civil formado pela UFMG em 2010 com curso de extensão em ferrovia e transportes pela École Nationale des Ponts et Chaussées em Paris/França

Certificado em Gestão de Projetos pelo Project Management Institute (PMI)

Certificado em Inglês Avançado (CAE) pela Cambridge University

Pós-graduado em Engenharia Ferroviária pela PUC-Minas

Pós-graduado em Gestão de Projetos pelo IETEC

Pós-graduado em Restauração e Pavimentação Rodoviária pela FUMEC

Contato: (31) 98789-7662

E-mail: phlobato01@gmail.com

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page